Guardiola assume a culpa pelo momento de menor fulgor de Bernardo Silva

Notícias ao Minuto

Bernardo Silva parece ter perdido algum protagonismo no Manchester City, mas Pep Guardiola fez questão de garantir que continua a confiar a 100% no internacional português. O treinador catalão foi confrontado com a menor utilização de Bernardo Silva e assumiu-se como o principal culpado pela época menos fulgurante do ex-Benfica. 

“É verdade que ele não tem jogado tanto como na última época. Talvez por minha culpa ou pelo facto do Phill [Foden] estar mais integrado e do Riyad [Mahrez] estar a manter a regularidade. Os jogadores sabem a competitividade que existe entre eles, mas a minha admiração e respeito pelo Bernardo não mudaram. É um jogador especial para mim, um dos mais especiais que treinei”, começou por dizer Guardiola, em conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Brighton, prosseguindo. 

“O Bernardo é aquele jogador que não muda a atitude quando joga ou não joga. Há jogadores que apenas estão felizes quando jogam e que apenas sorriem para mim no balneário quando estão a jogar. Quando não jogam, não se sentem felizes e comportam-se como uns miúdos. O Bernardo é oposto. É um jogador muito maduro. Sabe exatamente o que está a acontecer, qual é o momento e continua a ser a mesma pessoa. É por isso que eu o acho incrível. Serei sempre grato por poder contar com ele. A única coisa que quero é ajudá-lo a voltar ao melhor nível. Se existe um jogador na equipa a quem daria ajuda e apoio seria a Bernardo. É o primeiro da lista”, explicou o treinador do Manchester City.

Confira o vídeo. 

Leitura Completa
Autor: Notícias ao Minuto